Banzai Coworking

Tudo que você precisa saber sobre o funil de vendas para decolar sua empresa

Funil de vendas

Como o nome já diz, o funil de vendas tem um objetivo principal, que é vender.

Porém, a venda precisa seguir o tempo do cliente. Isso significa que as empresas precisam encontrar o cliente no momento certo, abordá-lo na hora certa e oferecer o produto que mais se adapta à realidade e necessidade dele.

Por isso, o Funil de Vendas é uma ferramenta essencial para otimizar o processo de vendas, entender o processo de compra do cliente e aumentar sua eficiência.

Mas afinal, o que é o Funil de Vendas e como posso usá-lo no meu negócio?

Neste post, trazemos algumas respostas para essas perguntas.

O que é funil de vendas?

O Funil de Vendas é um modelo estratégico feito em etapas, que acompanha a jornada de compra do cliente. Ele é um processo que começa a partir de uma necessidade do cliente e termina quando a compra é finalizada. Em alguns modelos de funis de venda, também existe o pós-venda, que também é muito importante para a fidelização do cliente ou venda de outros produtos.

Para quê serve o funil de vendas?

Algumas empresas tentam divular seus produtos e serviços o máximo possível, em diversos lugares e plataformas, para tentar atingir o maior número de clientes. Porém, é um investimento às cegas, sem saber ao certo o público que deseja atingir. Por isso, as empresas que querem um investimento mais assertivo, sem desperdiçar dinheiro com ações que não vão converter em lucros, o funil de vendas é uma ótima opção. Ele é o pilar do Inbound Markenting.

Etapas do funil de vendas

Agora que você já sabe o que é um funil de vendas e porque ele é importante para a sua empresa, o próximo passo é conhecer as etapas do funil. São três principais etapas: atrair, relacionar e vender.

Uma dica importante é acompanhar os resultados de cada uma dessas etapas com métricas e relatórios. Assim, aumenta o desempenho e eficácia da estratégia.

#1 – Atrair

A primeira etapa de um funil de vendas é atrair. Ou seja, gerar tráfego qualificado para o seu site, blog ou mídia. Por isso, antes de tudo é necessário definir o seu público-alvo. Uma dica importante é definir uma persona.

Persona: é a representação fictícia do seu cliente. Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos seus clientes, assim como uma criação de suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações.

Para gerar tráfego você precisa investir em conteúdo rico, de qualidade, que solucionem o problema do seu público. Tudo isso, levando em consideração a persona desenvolvida.

Principais tipos de conteúdo para atrair:

· Artigos otimizados para site/blog
· Vídeos
· Infográficos
· E-books
· Podcats
· Redes sociais atualizadas

# 2 – Relacionar

A segunda etapa do funil é o relacionamento.

Essa é a etapa que se transformam os leads (conquistados na primeira etapa) em potenciais clientes. Um dos principais agentes para que isso aconteça são as listas. Então, todos os e-mails capturados através dos vídeos, e-books, iscas digitais e conteúdos no geral, devem ser utilizados para gerar o relacionamento nesta etapa do funil.

A empresa faz contato com o lead e envia, geralmente através de um e-mail marketing, um conteúdo exclusivo que seja do interesse da pessoa.

Principais ferramentas para relacionar:

· E-mail
· Workflows
· Ligações

# 3 – Vender

A última etapa do funil é a venda, que é o objetivo da empresa, não é mesmo?

Nesta etapa, é para a situação estar configurada da seguinte maneira:

· Você já saber qual é o seu público (persona) e o que ele precisa.
· O seu público já ter confiança na sua empresa (devido o conteúdo oferecido que gera credibilidade para sua empresa e o relacionamento mantido na segunda etapa, que reforça a confiança).
· Sua empresa ganha a preferência do seu público.

Agora é hora de dar o passo final em direção à venda.

Uma boa dica é mostrar os cases de sucesso conquistados, os depoimentos e prêmios.

Para isso, conte com um bom Customer Success para ajudar a finalizar o funil de vendas com sucesso.

Quer saber mais sobre isso?

Entre em contato com a Wiggle:

contato@agenciawiggle.com

(45) 9 9998-6127

** Este blog é colaborativo. Todas as opiniões aqui expressas são pessoais e não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo blog. O Banzai Coworking não se responsabiliza pela precisão ou confiabilidade de quaisquer informações compartilhadas pelos autores das publicações, mas fica a disposição para corrigir ou retirar conteúdos que forem considerados impróprios. Para comunicar algo, basta entrar em contato através do email compartilhe@banzaicoworking.com.br.

Deixe o seu comentário

mm

Julia Caliman

Jornalista (graduada, sim!) com experiência e paixão pelo marketing de conteúdo. Mas imagine só, uma girl power que a-do-ra pesquisar sobre física quântica e viagens no tempo ✈︎

Acompanhe o Banzai

Você já deve ter percebido que nós gostamos de compartilhar né?
Então segue a gente nas nossas redes sociais e participe da nossa comunidade!