Banzai Coworking

O que levar em consideração ao pesquisar um orçamento de software

Precificação desenvolvimento software

Se você já precisou de um orçamento de software ou até mesmo um website, com certeza já se deparou com valores extremamente baratos e outros muito acima dos demais.

Mas por que há essa variação de preço?

Quais fatores influenciam um orçamento de software e o tornam mais barato ou caro?

Para começar tenha em mente que um software é, geralmente, um sistema complexo, composto de diversos trechos de código arquitetados para executar funções específicas e troca de informação constante.

Sua estrutura pode ser escrita de diversas formas e não há uma “regra específica” que deva ser seguida para que um software possa operar (salvo questões de sintaxe, regras ou limitações da linguagem escolhida).

Com inúmeras possibilidades para construção de um software, cabe ao desenvolvedor saber como estruturá-lo da melhor forma possível, quais os principais cuidados e as boas práticas a serem seguidas.

Conheça os itens fundamentais para a construção de um software:

Modelagem e Arquitetura

Diz respeito a como o código-fonte, ou seja, as abstrações de entidades, relações e variáveis, serão dispostas e como conversam entre si.

Isso quer dizer que um software precisa ser construído em uma modelagem que faça sentido, seja organizada, de fácil leitura e compreensão para que não haja dificuldade em seu entendimento e que a integridade da informação seja mantida.

Escalabilidade

É, basicamente, a capacidade que o sistema possui para trabalhar com a crescente quantidade de informação, de forma uniforme, mantendo sua integridade, performance e desempenho.

A quantidade de informação que um software precisa armazenar e processar tende a crescer com o passar do tempo, isso é fato (salvo alguns casos excepcionais). Então se o sistema não estiver construído para acompanhar essa evolução, ele se tornará cada vez mais lento e oneroso, além da possibilidade de parar de funcionar corretamente.

Segurança

Uma dentre as funções de um sistema computacional é trabalhar com dados, ou seja, processar, armazenar, enviar e receber. Principalmente em sistemas web, em que a troca de informação entre o usuário e o servidor é constante, é necessário alguns cuidados para que informações não vazem ou fiquem suscetíveis ao acesso indevido.

Toda informação disposta ao usuário pelo servidor passa a ser visível em sua máquina e na rede em que trafega.

É muito comum observar casos em que informações sigilosas são enviadas sem restrição de acesso ou com brechas para que outras informações possam ser obtidas apenas modificando parâmetros de acesso. A criptografia também é uma prática muito importante para não expor dados de forma indevida.

Você já pensou quanto prejuízo pode ter com o vazamento ou o acesso indevido de informações pessoais de clientes ou da sua empresa?

Existem legislações tramitando e outras já consolidadas que punem o vazamento de dados de terceiros, principalmente quando há ferimento do Código de Defesa do Consumidor.

Performance

Este quesito está diretamente ligado a dois cenários.

Em primeiro lugar à quantidade de recursos consumidos do servidor para operar, o que implica na necessidade de compra ou aluguel de hardware mais potente e, consequentemente, mais caro.

E em segundo, à experiência do usuário ao utilizar o software. Isso quer dizer: o quanto demora para responder, executar determinada função e qual a percepção causada ao usuário.

Manutenibilidade

Diz respeito ao grau de facilidade com que um sistema pode ser mantido e/ou melhorado.

É comum que sistemas evoluam e necessitem de novas funcionalidades e módulos e a facilidade com que isso pode ser feito depende diretamente da forma com que foi construído.

E o que isso tudo tem a ver com a variação de preços nos orçamentos de software?

Acontece que grande parte desses itens não são perceptíveis ao cliente que, na maioria das vezes, nem mesmo tem conhecimento de que elas existem e precisam ser tratadas com cautela.

Estes são pontos que acabam ficando “escondidos” do cliente, não geram percepção de valor e, por isso, causam a sensação de que o produto é caro.

Quem busca um serviço de desenvolvimento de software muitas vezes não dá a devida importância para essa lista acima e não procura saber como o software será construído, se é escalável, seguro e de fácil manutenção.

Por outro lado, não estou defendendo que quanto mais caro o orçamento do software melhor será o produto.

A precificação de um software é complexa e depende de diversos fatores. O que você pode e deve fazer é buscar a justificativa do valor cobrado e tentar entender como se deu a composição do orçamento.

Muitas vezes, ao tentar capturar a necessidade do cliente, várias questões de funcionamento, fluxos de execução e funcionalidades acabam ficando implícitas e não são consideradas no orçamento de uma empresa, mas são consideradas no de outra, o que acaba gerando uma discrepância grande nos preços.

Então quanto mais detalhadas as funcionalidades do produto, mais condizente com a realidade será o valor apresentado.

E lembre-se: desconfie de profissionais e empresas com orçamentos muito baixos.

Mesmo sem a intenção, eles podem ser passíveis de falhas, utilizarem práticas não recomendadas ou estarem ignorando etapas fundamentais para garantir uma boa entrega, o que pode ocasionar custos elevados e muita dor de cabeça no futuro.

** Este blog é colaborativo. Todas as opiniões aqui expressas são pessoais e não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo blog. O Banzai Coworking não se responsabiliza pela precisão ou confiabilidade de quaisquer informações compartilhadas pelos autores das publicações, mas fica a disposição para corrigir ou retirar conteúdos que forem considerados impróprios. Para comunicar algo, basta entrar em contato através do email compartilhe@banzaicoworking.com.br.

Deixe o seu comentário

mm

Bruno Soares

Graduado em Ciência da Computação pela Unioeste, cofundador do UBI Inteligência Intersetorial e da Origammi. É um cara realizado na profissão, pois acredita no poder da tecnologia pra mudar a vida das pessoas. Além de ser um apaixonado por música, principalmente dos anos 60 a 80, ele manda muito bem no violão, guitarra e bateria.

Acompanhe o Banzai

Você já deve ter percebido que nós gostamos de compartilhar né?
Então segue a gente nas nossas redes sociais e participe da nossa comunidade!